Salto para o Futuro debate a educação em tempos de pós-verdade

Home Roquette PintoSalto para o Futuro debate a educação em tempos de pós-verdade

Salto para o Futuro debate a educação em tempos de pós-verdade

Se a notícia é falsa pode ser realmente chamada de notícia? E se não há uma notícia verdadeira existe um fato, um acontecimento, uma razão pela qual aquele tema virou notícia? A educação em tempos de pós verdade é o tema do programa Salto para o Futuro desta semana, com exibição na quarta, 6/9, às 19h, na TV Escola.

Em 2016, a expressão “pós-verdade” foi escolhida como a expressão do ano pela Universidade de Oxford, a instituição responsável pelo famoso dicionário que leva o nome da universidade. Mas o conceito de pós-verdade vem sendo pesquisado há anos por estudiosos e também por grandes empresas de comunicação. O fenômeno consiste em nada mais nada menos do que espalhar notícias falsas, algo que se tornou mais intenso a partir das eleições americanas do próprio ano de 2016. Um fenômeno mundial que prejudica governos, instituições e pessoas, a tal ponto que tem preocupado até as Nações Unidas porque, segundo a ONU, incita a violência, a discriminação e também a hostilidade a determinados grupos.

No programa, as convidadas Juliana Dal Piva, subeditora da Agência Lupa, e Fernanda Da Escóssia, jornalista e professora da UFRJ, conversam com os apresentadores Bárbara Pereira e Murilo Ribeiro sobre esse mal do século XXI, impulsionado, principalmente, pelas redes sociais. Para a Fernanda da Escóssia, educadores devem alertar os jovens sobre a importância da atenção sobre a origem da informação. “Qual é a fonte dessa notícia? De onde vem essa informação. Isso eu tenho dito aos meus alunos e esse é um caminho relevante em sala de aula”.

A associação equivocada entre notícia falsa e notícia é, na opinião de Juliana Dal Piva, um aspecto a ser trabalhado entre os jovens. “O que vamos chamar de notícia falsa não é fato e nem notícia. Portanto, não deve ser compartilhado nem mesmo como notícia falsa”.

No programa, as convidadas debatem a forma como as redes sociais potencializam essa prática e também apontam que tem gente lucrando com o mercado da notícia falsa. Como reconhecer um fato inverídico? Esse é um dos temas dessa edição.

Salto para o Futuro é exibido também em tempo real também no portal tvescola.mec.gov.br e nos aplicativos. Para quem perdeu a exibição todas as quartas, às 19h, é só conferir na videoteca web da TV Escola.

ASCOM TV Escola

Roquette Pinto